quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Exercícios - poema

Exercícios sobre poemasTexto I

Mãe (Sérgio Capparelli)

De patins, de bicicleta,
de carro, de avião,
nas asas da borboleta
e nos olhos do gavião;
de barco, de velocípedes,
a cavalo num trovão,
nas cores do arco-íris,
no rugido de um leão;
na graça de um golfinho
e no germinar do grão.
Teu nome eu trago, mãe,
na palma da minha mão.

1) Sobre o poema MÃE, marque (V) para verdadeiro e (F) para falso:

a) (       ) Ele é composto de 12 estrofes e 1 verso.
b) (       ) Ele é composto de 1 estrofe e 12 versos.
c) (       ) Fala sobre o amor da mãe para o filho.
d) (       ) Fala sobre o amor do filho para a mãe.

2) Que palavras conferem rima ao poema?


Texto II

Poesia (Carlos Drummond de Andrade)

Gastei uma hora pensando um verso
que a pena não quer escrever.
No entanto ele está cá dentro
inquieto, vivo.
Ele está cá dentro
e não quer sair.
Mas a poesia desse momento
inunda minha vida inteira.


3) Leia estes versos - “Gastei uma hora pensando um verso/que a pena não quer escrever” – e faça o que se pede:

I) A palavra PENA significa:  a) Papel           b) Caneta         c) Pincel           d) Borracha

II) Se ele pensou e não escreveu, o que ele criou foi:  a) poema          b) poesia          c) rima              d) estrofe

4) Que lugar o poeta determina quando escreve “No entanto ele está cá dentro”?

Texto III

Ingenuidade (Elias José)

Na boca da caverna
gritei vibrando:

_ TE AMO!
            TE AMO!
                        TE AMO!

E o eco respondeu
lá de  dentro da caverna:

_ TE AMO!
            TE AMO!
                        TE AMO!

E eu, ingênuo acreditei...



Texto IV
5) Sobre o poema Ingenuidade, determine:

a)       O número de versos -                          
b)      O número de estrofes -                       

6) Em que o eu lírico, ingenuamente, acreditou

7) Reescreva o primeiro verso do poema, substituindo a palavra BOCA por outra, sem que haja perda do sentido original do verso:

Matinê (Neusa Sorrenti)

Ah, minha bela menina!
Quando te vejo
É tão bom!

Você é muito mais bela
Que flor
De papel crepon.

Ah, minha doce menina!
Quando te vejo
É bacana!

Você é muito mais doce
Do que melado
De cana.

Ah, minha doce menina!
Quando te vejo
É um problema.

Você é bem mais difícil
Que o dinheiro
Pro cinema.


8) Com que o eu lírico compara a menina do poema?

9) No início das estrofes, o eu lírico atribui à menina algumas características. Que características são essas?

10) Que palavras compõem as rimas do poema Matinê?

24 comentários:

  1. achei muito interessante e me ajudou bastante

    ResponderExcluir
  2. e as respostas onde estao ? presisamos das respostas urgente da questao 10

    ResponderExcluir
  3. e as respostas onde estao ? presisamos das respostas urgente da questao 10

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de receber o gabarito.Obrigada.

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de receber o gabarito.Obrigada.

    ResponderExcluir
  6. e o gabarito nao vou mais frequentar aqui gostava mt mais sem gabarito nao dar ne ?%)

    ResponderExcluir
  7. e o gabarito nao vou mais frequentar aqui gostava mt mais sem gabarito nao dar ne ?%)

    ResponderExcluir
  8. pode enviar o gabarito? mirianbarreto13@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Com esse exercícios não passo nem no concurso para gari!

    ResponderExcluir
  10. Com esse exercícios não passo nem no concurso para gari!

    ResponderExcluir
  11. muito bom!
    Não precisa de gabarito. Leiam com atenção!!!

    ResponderExcluir